segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Gza - Liquid swords (1995)

GZA (Gary Grice, 22 agosto de 1966) aka The Genius, nasceu no Brooklyn, NY. Membro original e um dos fundadores doWu Tang Clan, no qual participou de todos os álbuns.
GZA passou sua infância em Nova York, onde estavam seus parentes. Durante essa época começou a visitar o Soundview Projects no Bronx, onde ficou fascinado com o hip hop. Influenciado pelos mcs de lá começou a escrever as suas próprias rimas.
GZA também partilhava o seu interesse pelo hip hop com seus primos Robert Diggs (RZA) e Russell Jones (ODB). Os três se juntaram e formaram o grupo All In Together Now, com Grice (GZA) adotando o pseudônimo The Genius, Diggs como The Scientist e Jones como The Professor (de acordo com RZA esses nomes não eram permanentes, e Jones ficou conhecido como The Genius por um tempo). Depois de ganhar alguma notoriedade Grice e Diggs assinaram contratos como artistas solo. Grice tinha conseguido um acordo com a lendária Cold Chilin Records. E em 1991 Grice lançou o seu debut “Words From The Genius”.
O álbum foi produzido for Easy Moe Bee, e foi fortemente influenciado pelo estilo que a Cold Chilin adotava na época. Os chefes da Cold Chillin queriam fazer de GZA um rapper comercialmente viável, assim como Big Daddy Kane. Contudo a recepção da crítica para com o álbum foi fraca, e as vendas decepcionantes. E por isso GZA foi desligado do selo. A experiência de GZA com a Cold Chillin foi partilhada com RZA e sua experiência com a Tommy Boy, no qual ele conseguiu lançar apenas um Ep intitulado “Prince Rakeem”.
Desiludidos com a indústria fonográfica Grice, Diggs juntamente com Jones decidiram que eles iriam fazer música do jeito que eles queriam, o que os fez criar selos executivos. Intitulando-se Wu Tang Clan, nome baseado nos filmes Shaolin. Grice, Diggs e Jones reuniram os mais talentosos mcs de Nova York e começaram a fazer música underground. Foi nessa época que Grice se transformou em GZA, que deriva do som feita quando um dj risca a palavra “Genius” nos toca-discos. Diggs se tornou RZA (o nome vem da mesma modo que o nome de GZA) e Jones se transformou em Ol Dirty Bastard, que vem de um filme de kung-fu “Ol Dirty & The Bastard”, e baseia-se no fato do personagem do filme não ter pai, do mesmo jeito que ODB também não teve.
O grupo teve a sua estréia com o álbum “Enter The Wu-Tang: 36 Chambers”, o álbum foi altamente aclamado, tanto pela crítica como comercialmente. O álbum foi inteiramente produzido pelo RZA. GZA participou de todas as músicas do álbum e teve uma música solo “Clan In Da Front”. Todo o álbum foi saudado pelos críticos como uma obra-prima, e GZA foi elevado ao melhor vocal lírico do grupo. Apostando novamente em sua carreira solo, GZA assinou um novo contrato, dessa vez com a Geffen Records. E em 1995 lançou “Liquid Swords”. Também inteiramente produzido por RZA, e mostrava várias participações dos membros do Wu-Tang Clan. O álbum foi aclamado pelos críticos e ganhou disco de platina pela RIAA. Em 1998 o álbum foi selecionado pela The Source como um dos 100 melhores álbuns de rap de todos os tempos.
Após o lançamento do segundo álbum do Wu-Tang Clan, GZA lança o seu terceiro álbum “Beneath The Surface” em 1999. Embora o álbum não tenha feito tanto sucesso como “Liquid Swords”, as opiniões foram na sua maioria positivas. Os críticos apontaram para a produção como o ponto fraco do álbum. Talvez pela produção não ter sido feita pelo RZA, o que resultou em colagens desorganizadas e batidas fracas ao invés de um som coeso. Também houve reclamações sobre os vários skits humorísticos.
GZA se manteve um pouco afastado de sua carreira solo em um intervalo de 3 anos. Gravando apenas dois álbuns com o Clan “The W” e “Iron Flag”. Quando em 2002 ele lançou “Legend Of A Liquid Swords”. O álbum foi bem recebido pela crítica, mas não teve sucesso comercial. GZA passou o ano de 2004 com turnês, tanto com o Clan como na carreira solo. Ele também fez uma participação ao lado do RZA no filme de Jim Jarmusch “Coffee & Cigarretes” contracenando com Bill Murray. Em 2005, GZA e Dj Muggs (produtor do Cypress Hill) lançaram o álbum “Grandmasters”. Muggs providenciou todas as bases, e GZA usou uma metáfora, fazendo das letras como um “jogo de xadrez”, que exercem a sua história, e comentando a sua posição como membro senior na comunidade hip hop. O álbum só recebeu críticas positivas e teve um modesto sucesso comercial.Em de 2008 Gza lançou o álbum intitulado Pro tools,que contava com produções do RZA.

GZA usa a palavra sword (espada) como uma metáfora, dizendo que sua língua é uma espada, e que suas rimas são técnicas mortais da espada. Ele auto-descreveu a sua técnica como visual e descritiva, mas ao mesmo tempo sucinta. GZA utiliza várias metáforas em suas letras, vide a letra da música Gold, do álbum Liquid Swords. Ele também é conhecido por dar duplo sentido as coisas, como animais na música Animal Planet (Legend Of A Liquid Sword) e as equipes da NFL, na música Queen’s Gambit (Grandmasters). O mais famoso exemplo disso é a música Labels (Liquid Swords), onde ele faz um versículo com os nomes das gravadoras.
Pra finalizar, GZA abrange um vasto leque de temas em suas letras. Onde os pilares das rimas são: a vida nas ruas, criminalidade, xadrez, os 5 ensinamentos da percentagem e os sempre pertinentes “wack mcs”.
A história do GZA se confunde muito com a do Wu Tang Clan. A forma dele versar, o jeito que ele utiliza as palavras e o jeito dele usar a voz são únicos e ninguém conseguiu copiar isso até hoje. Essa forma única de rimar e de produzir é uma particularidade de todo o Clan. E não importa quantos anos passem, mas você nunca irá ouvir de alguém que conhece bem o rap que algum grupo faz um som igual o Wu Tang Clan. Porque na escola do rap os antes 9 e agora 8 membros do Clan são professores, e com professor você aprende, tenta copiar, mas nunca fica igual.

FONTE: Somzaum




1 - Liquid Swords (Produção de RZA)
2 - Duel Of The Iron Mic (feat. Ol'Dirty Bastard, Mastah Killah ,Inspecta Deck)
3 - Living In The World Today (feat. Method Man)
4 - Swordsmen
5 - Cold World (feat. Inspecta Deck)
6 - Labels (feat. de RZA)
7 - 4th Chamber (feat. Killah Priest e RZA)
8 - Shadowboxing (feat. Method Man)
9 - Killah Hills 10304
10 - Investigative Reports (feat. Reakwon , GhostFace Killah)
11 - Gold
12 - I Gotcha Back
13 - B.I.B.L.E. (feat. Killah Priest)

BAIXAR

LIQUID SWORDS

Nenhum comentário: